Eles encontram o pergaminho mais antigo da Torá

Eles encontram o pergaminho mais antigo da Torá

Na Biblioteca da Universidade de Bolonha o o pergaminho mais antigo do mundo pertencente ao Pentateuco hebraico. Conhecido como “rolo 2”, é feito em pele de carneiro e tem dimensões de 36 metros de comprimento e 64 centímetros de altura, alojando-se no interior da texto completo da Torá.

O rolo 2 foi copiado entre os séculos XII e XIII o que o torna o pergaminho mais antigo encontrado para conter a Torá. O pergaminho foi descoberto durante o desenvolvimento de um novo catálogo de manuscritos hebraicos pelo professor Mauro Perani, pertencente ao Departamento de Patrimônio Cultural da Universidade de Bolonha.

A idade do pergaminho foi confirmada após o teste de carbono realizado pelo Departamento de Engenharia de Inovação da University of Salento e da University of Illinois.

O rolo 2 não foi devidamente catalogado pelo ex-bibliotecário Leonello Modona. Modona datou o pergaminho do século 17 e decifrou desajeitadamente sua tradução. Ao contrário, o professor Perani, ao examinar o livro para o novo catálogo, percebeu que a escrita oriental pertencente à tradição babilônica era muito elegante e bem escrita, cuja estrutura gráfica e textual, sendo totalmente atípica, deve corresponder a uma século muito antes do décimo oitavo. O texto não leva em consideração as regras estabelecidas por Maimônides que proibiu muitas das características aos copistas após sua codificação.

Como não se sabe quando e como o rolo 2 foi adquirido pela Biblioteca da Universidade de Bolonha, isso desperta o interesse de pesquisadores em saber sua origem.

A diretora da biblioteca Dra. Biancastella Antonino acolheu com grande emoção o Projeto Perani. O novo catálogo co-escrito com o Dr. Diacomo Corazzol estará disponível no final de junho de 2013.

A coleção BUB de manuscritos hebraicos inclui o famoso cânone da medicina por Avicena com miniaturas fantásticas que foram reproduzidas em um grande número de livros. Esta coleção é o resultado de doações feitas por pessoas como Ferdinando Marsili, fundador do Instituto de Ciências, o naturalista Ulisse Aldrovandi e o Papa Bento XIV.

Nasci em Madrid em 27 de agosto de 1988 e desde então comecei uma obra da qual não há exemplo. Fascinado por números e letras e amante do desconhecido, sou um futuro graduado em Economia e Jornalismo, interessado em entender a vida e as forças que a moldaram. Tudo fica mais fácil, mais útil e mais emocionante se, olhando para o nosso passado, pudermos melhorar o nosso futuro e para isso… História.


Vídeo: Mais antigo manuscrito do Torá é encontrado em biblioteca da Itália Globo News