Transformação do Vale Teotihuacán

Transformação do Vale Teotihuacán

o Vale Teotihuacán, localizada no Estado do México, passou por mudanças climáticas nos últimos séculos que produziram uma transformação total em sua flora e fauna, em muitos casos ocasionando o desaparecimento de espécies.

Graças à análise de coleções arqueozoológicas extraída da área, observou-se que a partir do ano 1500 começou a haver uma grande diminuição das espécies silvestres, sobrevivendo apenas aquelas espécies que conseguiram se adaptar às grandes mudanças, como o gambá.

Os fatores que tornaram essas mudanças mais pronunciadas foram, sem dúvida, os produzidos pelo homem ao realizar as operações madeireiras e agrícolas no século XIX, bem como o seu próprio crescimento urbano. No Vale, agora deserta, houve áreas arborizadas onde foram encontrados restos de animais pertencentes a um clima mais úmido e que viviam em áreas próximas a cursos d'água.

Para entender as mudanças no Vale Teotihuacán Foi feito um estudo em animais, como os roedores, que, embora não sejam normalmente levados em consideração pelos arqueólogos, no caso, ofereceram uma grande quantidade de informações sobre as adaptações ecológicas de cada espécie.

Os resultados foram apresentados no Seminário sobre Mudanças Climáticas e Processos Culturais organizado pelo Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) por meio da Coordenação Nacional de Antropologia e da Direção de Etnologia e Antropologia Social.

Nasci em Madrid em 27 de agosto de 1988 e desde então comecei uma obra da qual não há exemplo. Fascinado por números e letras e amante do desconhecido, sou um futuro graduado em Economia e Jornalismo, interessado em entender a vida e as forças que a moldaram. Tudo fica mais fácil, mais útil e mais emocionante se, olhando para o nosso passado, pudermos melhorar o nosso futuro e para isso… História.


Vídeo: VLOG CIDADE DO MEXICO PART 3. PIRAMIDES DE TEOTIHUACAN, TOUR GUIADO VALE PENA? RESTAURANTE LA GRUTA