Existência de humanos em Cuba há mais de 8.000 anos

Existência de humanos em Cuba há mais de 8.000 anos

Um censo arqueológico descobriu que o existência de humanos na ilha de Cuba chega a 8.000 a 10.000 anos. Este estudo foi realizado pelo Instituto de Antropologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Cuba e será publicado no início de 2014.

Este projeto durou por dois anos e conta com a pesquisa e a experiência de arqueólogos, especialistas, historiadores, instituições e adeptos, conforme informa a agência pública de notícias Prensa Latina.

Para a realização da pesquisa, foram utilizados mapas com coordenadas precisas em nível de município para se ter uma ideia da situação arqueológica dos indígenas no país. Também foi elaborado com o objetivo de fazer o Atlas Arqueológico Aborígine de Cuba.

Para coletar a história do assentamentos de cuba, os povos indígenas são classificados de acordo com vários períodos: Primeiro, antes do desenvolvimento da agricultura e da cerâmica (antes do século 3 aC.). Em segundo lugar, na fase agrícola (século II aC). Finalmente, o período que combina a agricultura com a cerâmica (o século 5 DC.).

Os arqueólogos José Jiménez Santander, responsável pelo censo, e o diretor do departamento de arqueologia do Instituto de Antropologia Cubana, Alfonso Cordova, comentou que até agora foram localizados na ilha mais de 3.000 sítios arqueológicos de indígenas.

Alguns desses assentamentos correspondem a residências, como sugerem restos de comida e chaminés, e outros materiais como ferramentas e lixo. Isso mostra claramente que essas áreas foram habitadas por ex-colônias por um tempo, dizem os especialistas.

Outros assentamentos tiveram a função de áreas de descanso, uma vez que não apresentam sinais de permanência prolongada. Então, essas são comunidades nômades que se mudavam periodicamente e que vieram habitar cavernas”Jiménez Santander explicou.

Segundo ele, há indícios de que as cavernas eram usadas como local para cerimônias, sepultamentos ou pinturas. Eles também eram usados ​​para vender conchas para fazer objetos como vasos. Finalmente, ele comentou que ferramentas e pedras foram encontradas.

Atualmente estou cursando Jornalismo e Comunicação Audiovisual na Universidade Rey Juan Carlos, o que me tem inclinado para a vertente internacional, incluindo o estudo das línguas. Por isso, não descarto a dedicar-me ao ensino. Também gosto de praticar exercício físico e passar momentos agradáveis ​​a conversar com os meus conhecidos e com gente nova. Por último, gosto de viajar para conhecer a autêntica cultura de cada região do mundo, embora reconheça que antes Preciso descobrir o máximo possível sobre o lugar que vou visitar, para aproveitar ao máximo a experiência.


Vídeo: CUBA HITS 2016 1:24 Hour COMPILATION SALSA - TIMBA - REGGAETON - URBANO - POP