Castelo de Maqueda em leilão devido à crise

Castelo de Maqueda em leilão devido à crise

Na manhã do dia 3 de janeiro deste novo ano de 2014, acordamos com notícias desanimadoras para o nosso patrimônio histórico e, portanto, para o desenvolvimento da cultura nacional. Os cortes em termos de pesquisa histórica e conservação de bens artísticos e culturais parecem não ter sido suficientes para alimentar um pouco os caríssimos cofres do nosso Estado, por isso o Governo decidiu construir o simbólico castelo Maqueda, ou "Castillo de la Vela" por 9,5 milhões de euros, onde se sabe que a rainha viveu Isabel a católica.

Para quem ainda não visitou este povoado castelhano-manchega, de pequena dimensão e número de habitantes, mas enorme interesse e importância em termos de sua tradição histórica, a fortificação que se avista mesmo a conduzir pela estrada da Extremadura, remonta à época da Hispânia romana.

A fortificação simples original foi ampliada e aperfeiçoada posteriormente em Período moçárabe, especificamente em 981, do arquiteto Fathoben Ibrahim el Omeya, que se tornou famoso pelos edifícios de sua mesquita em Toledo. Ao longo da Idade Média serviu de fortaleza e residência nobre, passando os seus bens de mão em mão e até mesmo uma jovem chegando Isabel I de Castela para habitar uma temporada durante o reinado de seu pai Henrique IV.

De uma perspectiva arquitetônica, o castelo moçárabe segue as características deste tipo de edifícios defensivos de alta Idade Média: anexo à muralha da cidade, de planta rectangular com 4 torres circulares nos cantos (uma das quais foi acrescentada posteriormente), protegidas por fossos e grossas paredes de silhar. Arcos redondos enquadrados em alfiz, ameias e portões inundam a fachada, como é típico desta tipologia de edifícios. Na porta norte está esculpido o brasão da família Cárdenas, que reconstruiu o castelo no final do século XV (concretamente, era o contador do reino Gutierre de Cárdenas, funcionário próximo da monarquia).

Em 1931 foi declarado monumento histórico artístico e desde então teve várias funções, como quartel da Guarda Civil, além de estar aberto ao público para a sua visita e ser objecto de numerosos estudos sobre a nobreza castelhana ou a arte arquitectónica da Alta Idade Média.

Pois bem, toda esta história que rodeia a magnífica fortaleza está agora em leilão pelo frio valor de 9.588.290 euros. O governo pensou nos primeiros anos do século 21 em transformá-lo no Museu Nacional da Guarda Civil e no Arquivo Histórico Geral da instituiçãoMas a crise não permitiu concretizar essas propostas. A autarquia garantiu que o leilão público do monumento é inevitável, pois embora o Ministério do Interior o tenha oferecido, os seus escassos recursos não permitiram a compra.

Depois de ver esse tipo de decisão governamental, só podemos imaginar o que virá a seguir. Ações que certamente deve ser reivindicado por profissionais em pesquisa e divulgação cultural. Esperançosamente, pelo menos o sortudo que conseguir o «Castelo da vela»Saiba cuidar dele pelo que ele realmente é: uma verdadeira obra de arte.

Imagem: Xauxa na Wikimedia

Romântico, no sentido artístico da palavra. Na minha adolescência, a família e os amigos sempre me lembravam que eu era um inveterado humanista, pois passava o tempo fazendo o que talvez os outros nem tanto, acreditando ser Bécquer, imerso em minhas próprias fantasias artísticas, em livros e filmes, sempre querendo viajar e explorar o mundo, admirado pelo meu passado histórico e pelas maravilhosas produções do ser humano. Por isso resolvi estudar História e combiná-la com História da Arte, porque me pareceu a forma mais adequada de realizar as competências e paixões que me caracterizam: ler, escrever, viajar, pesquisar, conhecer, dar a conhecer, educar. Divulgação é outra das minhas motivações, pois entendo que não existe palavra que tenha valor real se não for porque foi transmitida de forma eficaz. E com isso, estou determinado a que tudo que faço na minha vida tenha um propósito educacional.


Vídeo: Dúvidas de como montar sua Tenda Sanfonada? Assista o vídeo e aprenda!