Exposição «Arte e cultura em Al-Ándalus. O poder da Alhambra »em Granada

Exposição «Arte e cultura em Al-Ándalus. O poder da Alhambra »em Granada

Em 2 de dezembro de 2013, a Junta de Andalucía inaugurou o exposição «Arte e culturas em Al-Ándalus. O poder da Alhambra « por ocasião da celebração de mil anos de história do Reino de Granada. No Palácio de Carlos V, talvez o edifício mais característico da arquitetura renascentista espanhola, serão expostas 300 peças de arte andaluza, desde o esplendor do Império Almóada no século XI até a conquista final do reino no final do século XV sob o governo dos Reis Católicos.

Mais de 70 instituições públicas e privadas colaboraram com o empréstimo dessas obras emblemáticas, sendo a própria Alhambra a principal protagonista da exposição. O monumento não é apenas um símbolo do poder artístico, literário e cultural e do esplendor de Al-Andalus, mas também um dos edifícios históricos mais significativos com maior reconhecimento e reivindicação turística internacional do nosso Património.

Entre todos os objectos expostos, para além das magníficas salas e pátios do complexo palaciano, destaca-se o vasto catálogo de produções cerâmicas da mais elevada qualidade, moedas, fúnebres, têxteis, mapas e documentos. A exposição temporária será aberto ao público até 30 de março de 2014.

Romântico, no sentido artístico da palavra. Na minha adolescência, tanto a família como os amigos sempre me lembravam que eu era um inveterado humanista, pois passava muito tempo fazendo o que talvez outros não fizessem, acreditando ser Bécquer, imerso em minhas próprias fantasias artísticas, em livros e filmes, sempre querendo viajar explorar o mundo, admirado pelo meu passado histórico e pelas maravilhosas produções do ser humano. Por isso decidi estudar História e combiná-la com História da Arte, porque me pareceu a forma mais adequada de realizar as competências e paixões que me caracterizam: ler, escrever, viajar, pesquisar, conhecer, dar a conhecer, educar. Divulgação é outra das minhas motivações, pois entendo que não existe palavra que tenha valor real se não for porque foi transmitida de forma eficaz. E com isso, estou determinado a que tudo que faço na minha vida tenha um propósito educacional.


Vídeo: 0. Presentación del seminario Arte y Culturas de al-Andalus. El poder de la Alhambra