400.000 euros de ajuda para pesquisas arqueológicas em Castilla-La Mancha

400.000 euros de ajuda para pesquisas arqueológicas em Castilla-La Mancha

Durante a sua visita a Sítio Arqueológico de Cerro de los Santos, o ministro da Educação, Cultura e Desportos de Castela-La Mancha, Marcial Marín, anunciou que o governo regional vai pedir um apoio à investigação arqueológica no valor de 400 mil euros. A medida vai para prefeituras e centros de pesquisa.

Marín assinalou também que estas ajudas não puderam ser realizadas anteriormente porque «Durante estes anos não conseguimos obter este pedido porque a prioridade era cumprir o objetivo do défice, mas agora estamos em condições de o fazer«.

Além disso, ele também quis sublinhar que o Governo presidido por María Dolores de Cospedal se caracteriza pelo seu apoio à cultura, o que será demonstrado através da ajuda mencionada.

Marcial Marín teve a oportunidade de conhecer em primeira pessoa o resultados das escavações realizadas no Sítio Arqueológico Cerro de los Santos, que estão a cargo de Sebastián Ramallo Asensio, Professor da Universidade Católica de Murcia.

Este site está localizado em um ponto estratégico, pois de lá importantes rotas da antiguidade são controladas. Também é um santuário da cultura ibérica e o mais importante da Espanha; não só pela quantidade de vestígios arqueológicos encontrados, mas também pela qualidade que apresentam apesar do tempo.

Após a visita, o vereador quis fazer um balanço dos trabalhos realizados no Morro dos santos: «Graças às constatações realizadas, foi possível avançar notavelmente no conhecimento das práticas religiosas dos povos ibéricos.«.

Madrilena ou Cantábrica. Calculadora ou impulsiva. Sonhador ou realista. 23 ou 12 anos. Futebol ou lojas. Jornalismo verdadeiro: é preciso conhecer a fundo a história, é a única maneira de não cometer os mesmos erros do passado


Vídeo: Emisión en directo de Universidad de Castilla-La Mancha