Três obras de arte confiscadas pelos nazistas são devolvidas aos seus proprietários

Três obras de arte confiscadas pelos nazistas são devolvidas aos seus proprietários

Poucos dias após a estreia de filme estrelado por George Clooney, Homens do Monumento, que conta a aventura de um grupo de especialistas que embarcam na missão de recuperar obras de arte confiscadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, parece que o governo da França quis colocar o assunto em prática devolvendo três pinturas aos seus legítimos proprietários.

Preso em museus franceses, Paisagem montanhosa do flamenco Joos de Momper (1564-1635), Retrato de mulher Século 18 e Madonna e seu filho, voltaram para as mãos de seus donos originais, parentes e herdeiros, em cerimônia solene oficiada pela Ministra da Cultura da França, Aurelie Filippetti.

Embora o gesto da França não seja desprezível, o ato de devolver três pinturas roubadas durante a era nazista fica um pouco aquém, considerando o mais de 2.000 obras de arte expropriadas durante a guerra que são reivindicadas. Em todo caso, deve-se levar em conta a predisposição das autoridades do país gaulês, já que essas três se somam a um total de 70 obras que foram devolvidas aos seus legítimos proprietários.

Romântico, no sentido artístico da palavra. Na minha adolescência, a família e os amigos sempre me lembravam que eu era um inveterado humanista, pois passava o tempo fazendo o que talvez os outros nem tanto, acreditando ser Bécquer, imerso em minhas próprias fantasias artísticas, em livros e filmes, sempre querendo viajar e explorar o mundo, admirado pelo meu passado histórico e pelas maravilhosas produções do ser humano. Por isso resolvi estudar História e combiná-la com História da Arte, porque me pareceu a forma mais adequada de realizar as competências e paixões que me caracterizam: ler, escrever, viajar, pesquisar, conhecer, dar a conhecer, educar. Divulgação é outra das minhas motivações, pois entendo que não existe palavra que tenha valor real se não for porque foi transmitida de forma eficaz. E com isso, estou determinado a que tudo que faço na minha vida tenha um propósito educacional.


Vídeo: Polícia da Alemanha recuperou cerca de 1200 obras de arte roubadas por nazistas