120 detidos e 1.300 relíquias recuperados em uma grande operação na China

120 detidos e 1.300 relíquias recuperados em uma grande operação na China

Em uma das maiores batidas policiais de todos os tempos, a polícia em Shaoxing, província de Zhejiang, China, prendeu mais de 120 pessoas e recuperaram aproximadamente 1.300 relíquias todos eles relacionados a 144 casos de roubo de túmulos nos últimos meses.

As autoridades descreveram o caso como “o maior já feito“No que diz respeito ao saque e tráfico de objetos ao longo da história da província. Arqueólogos que trabalham em diferentes locais alertaram a polícia sobre o saque dos locais. Foi assim que mais de 800 funcionários de Zhejiang participaram da investigação, que acabou resultando na prisão de 124 pessoas e na recuperação de 1.335 relíquias culturais.

Uma dessas relíquias era um grande espelho de bronze datado da Dinastia Jin, há mais de 1.800 anos.. “Peças de grande importância nacional ainda podem aparecer, visto que sua identificação ainda está em andamento.”.

Os ladrões geralmente têm uma grande cultura e têm conhecimento suficiente da história de Shaoxing e sabem onde encontrar os túmulos”Explicou um oficial de segurança pública do estado. A polícia, por sua vez, explicou que os ladrões usaram a chamada “Pá Luoyang“Para escavar as sepulturas, que foi inventado em 1923 por um coveiro de Luoyang para extrair uma grande quantidade de terra sem perturbar a estrutura do solo ou ter que cavar um grande buraco.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: AEROPORTO ÁREA RESTRITA - T1 E07 - MANDADO DE PRISÃO EPISÓDIO COMPLETO