Relevo raro de 2.500 anos descoberto no Egito

Relevo raro de 2.500 anos descoberto no Egito

Uma equipe de arqueólogos suecos descobriu um estranho alívio de 2.500 anos em uma parede, retratando duas divindades faraônicas, autoridades egípcias explicaram na terça-feira.

A descoberta, uma das várias descobertas por uma equipe da Universidade de Lund (Suécia), foi feita perto de Aswan, a 850 quilômetros da capital Cairo, em uma pedreira que serviu para construir os famosos templos de Karnak e Luxor .

O relevo da parede «É uma das poucas esculturas disponíveis que combinam as duas divindades: Amun-Ra e Thot“Ali al-Asfar, chefe de antiguidades do Alto Egito, explicou à AFP. Thot, o antigo deus da sabedoria, é representado com o corpo de um homem e o rosto de um íbis, um pássaro sagrado.

As outras descobertas incluem um estátua de esfinge e outro relevo mostrando dois obeliscos, que os especialistas dizem poder datar da época da 18ª Dinastia, da rainha Hatshepsut.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: 13 SARCÓFAGOS INTACTOS FORAM ENCONTRADOS NO EGITO.