Um incêndio destrói mais de um milhão de documentos históricos na Rússia

Um incêndio destrói mais de um milhão de documentos históricos na Rússia

o Biblioteca da Universidade da Academia de Ciências de Moscou sofreu um incêndio chocante no fim de semana e causou enormes danos ao patrimônio cultural, já que mais de um milhão de escritos que datam do século XVI foram destruídos, quando ficou conhecido como «Chernobyl Cultural«.

Apesar dos esforços dos 200 bombeiros que participaram do incêndio, que começou no segundo andar do prédio na última sexta-feira, não poderia ser extinto até sábado.

Vladimir Fortov, presidente da Academia Russa de Ciências, disse à AFP que “é uma grande perda para a ciência. Esta é a maior coleção desse tipo no mundo, provavelmente equivalente à Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.«.

Não houve feridos no incidente, mas 15% da coleção desta impressionante biblioteca foi danificada, principalmente pela água dos bombeiros. O incêndio conseguiu destruir 2.000 metros quadrados da biblioteca fundada em 1918 e que contém mais de 10 milhões de documentos.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: Video: Russia test-launches missiles during planned military drills