Ano Dois, Dia 250 Administração Obama, 27 de setembro de 2010 - História

Ano Dois, Dia 250 Administração Obama, 27 de setembro de 2010 - História

8:00 AM O PRESIDENTE é entrevistado ao vivo no NBC Today Show

Quarto verde

10:15 O PRESIDENTE recebe o Briefing Diário Presidencial

sala Oval

10:45 O PRESIDENTE se reúne com consultores seniores

sala Oval

12h10 O PRESIDENTE organiza uma teleconferência oficial com estudantes-jornalistas universitários

sala Oval

13h45 O PRESIDENTE assina a Sala Leste do Small Business Jobs Act

17:00 O PRESIDENTE sai do gramado sul da Casa Branca

17:15 O PRESIDENTE parte da Base Aérea de Andrews a caminho de Albuquerque, Novo México

MDT 18:55 O PRESIDENTE chega a Albuquerque, na Base Aérea de Kirtland do Novo México


Cheque de estímulo de US $ 250 em 2010 para beneficiários da Previdência Social

O presidente Obama anunciou recentemente que haverá um único Cheque de estímulo de $ 250 em 2010 aos beneficiários da Segurança Social. Essa verificação de bônus é parte de seu esforço contínuo para estimular a economia a sair da recessão. Observe que o Congresso ainda não aprovou esse projeto.

[Editar & # 8211 Este cheque deveria ter sido pago no primeiro trimestre de 2010. Dado que o primeiro trimestre acabou de terminar e não há cheque, parece que este problema está resolvido e não haverá cheque de estímulo de $ 250 em 2010 .]

Quem é elegível para o cheque de estímulo de $ 250 em 2010?

Qualquer pessoa que esteja atualmente recebendo pagamentos do Seguro Social (SS) terá direito ao cheque de $ 250. Existem também alguns outros grupos que receberão este cheque, incluindo SSI e veteranos deficientes.

Quando os cheques de $ 250 serão pagos?

Não se sabe no momento quando os pagamentos serão feitos, mas é provável que sejam pagos no primeiro trimestre de 2010 (ou seja, antes do final de março).

Existe algum limite de renda para o pagamento de $ 250?

Não, não importa se você tem outra renda ou se está trabalhando ou não. Não importa quanto você ganhe & # 8211, você ainda receberá o cheque.

Quanto isso custará ao governo?

De acordo com funcionários da Casa Branca, o custo de todos os cheques de estímulo será de US $ 13 bilhões. Uma grande quantia de dinheiro, mas não se esqueça de que o pacote de estímulo para 2009 foi de quase US $ 800 bilhões.

Por que o governo está fazendo isso?

O governo está distribuindo esse dinheiro para tentar estimular a economia. Devido a problemas nos mercados financeiros e imobiliários nos últimos 2 anos, houve uma desaceleração da atividade econômica na América e muitas perdas de empregos. Ao colocar dinheiro extra na economia, espera-se que o declínio da economia possa ser abrandado ou mesmo revertido.

Haverá aumento da Previdência este ano?

Não, na verdade parte do motivo pelo qual o cheque de bônus de $ 250 foi criado foi para compensar o fato de que não há aumento no custo de vida nos pagamentos da Previdência Social este ano.

Será um cheque ou pagamento eletrônico?

Os $ 250 devem ser dados a você no mesmo formato em que você recebe atualmente o seu pagamento regular do Seguro Social. Se você receber seu pagamento de SS em cheque, os $ 250 também serão em cheque. Se você receber seu pagamento do SS em sua conta bancária, os $ 250 também serão depositados em sua conta bancária.

Mais informações sobre Previdência Social

A Previdência Social fornece ao aposentado médio um cheque mensal de cerca de US $ 1.150. O programa fornece 40% de toda a renda recebida por idosos nos Estados Unidos, um em cada cinco casais mais velhos e dois em cada cinco solteiros mais velhos dependem dele para pelo menos 90% de sua renda.

Quer saber mais sobre RESPs? Compre o livro:

The RESP Book: O Guia Simples para Planos de Poupança Educacionais Registrados

Tudo o que você precisa saber sobre RESPs.

Preciso desse dinheiro tanto quanto vocês precisam. Ele chegará aqui a tempo. Meu filho não tem muito e com eles cortar vale-refeição também não é fácil & # 8230.

OS JOGOS ESTÃO QUASE TERMINANDO EU NÃO POSSO ESPERAR PARA VER O QUE ESTÁ ACONTECENDO.

eles negaram o 25o ontem, 7 de dezembro, eles recusaram o grande momento que as merdas de bruxas estavam no vale-refeição recebendo apenas uns péssimos 16 para duas pessoas, como duas pessoas podem viver com 16 dólares, recebemos jornais SSI dizendo que permanecerá o mesmo ano que vem, como bem, isso é uma merda

Se eles recusassem, estaria no noticiário e no site http://www.ssa.gov, o que não é verdade. estaria no site usa.gov ou govtrack.com, o que também não é. Liguei para o meu senador e eles mencionaram também que ainda não votaram nisso

eles recusaram, foi no noticiário da CNN hoje cedo cara, estou contando a verdade, estava na parte inferior da casa do senado votou lá embaixo vou tentar de novo que não é uma notícia importante, então seria um assunto, não é como se alguém tivesse sido morto não é uma questão do governo, eles recusaram

isso é confuso, minhas notícias locais informam que eles falharam, mas o site diz que eles passaram pelo escritório local do condado às 10h32 http://clerk.house.gov/floorsummary/floor.html?day=20101202&today=20101207

OK, fui informado de que liguei para meu amigo pai que trabalha na estação de notícias local, eles não votaram nisso ainda, o que significa que eles bloquearam, o que significa que eles recusaram nem passaram ainda, mas bloquearam, então provavelmente não voltarão vote no tel no próximo ano, então sim, isso é uma merda a razão de eles terem feito isso, porque já recebemos um cheque há quase dois anos

QUALQUER COISA que tenha a ver com assuntos de seguridade social pequenos ou grandes ELES AINDA TÊM QUE POSTAR NOS SITES Mencionados ACIMA. E AS PESSOAS TERÃO RECEBIDO LETRAS QUE DIZEM QUE TAMBÉM & # 8230 & # 8230

[Atualização de dezembro de 2010 e # 8211 sem pagamento de SSI de US $ 250 em 2010] O Congresso proibiu oficialmente um pagamento único de US $ 250 em 2010 para beneficiários da Previdência Social que não receberam ajustes de custo de vida (COLA) desde 2008. O cancelamento de US $ 250 O pagamento de SSI em 2010 foi justificado com base na inflação baixa (ver atualização abaixo). Mas muitos idosos estão sentindo o aperto da inflação, especialmente em torno dos serviços médicos - um item caro para os idosos. Muitos acreditam que o pagamento de $ 250 teria sido um bom pagamento de estímulo econômico, uma vez que há uma boa chance de que a maior parte dos $ 250 seja gasta imediatamente.

Embora muitos idosos possam sobreviver facilmente sem os $ 250, também existem milhões de idosos que estão lutando para sobreviver (veja os comentários abaixo em resposta a este artigo), especialmente se eles têm altos custos médicos ou de invalidez. O Congresso realmente deveria ter encontrado uma maneira de fornecer o pagamento de SSI de $ 250 para os idosos que realmente precisam do dinheiro, em vez de cortes de impostos para os super-ricos

Congresso é o único problema em nosso país da América, eles poderiam se importar menos com as pessoas que lutam, eles governam tudo o que dizem que vai .. e para as pessoas que não acreditam nisso, eles não têm bom senso. como diz o velho ditado, os ricos ficam mais ricos e os pobres ficam mais pobres. contanto que o congresso tenha o que eles querem, estará perfeitamente bem para eles se todos nós não tivermos nada.

ELES NÃO SE IMPORTAM COM OS POBRES, MAS O ANTIGO SAYIN É O QUE ESTÁ EM VOLTA, ESTÁ EM VOLTA. UM NOS ESTADOS DE BILHAGEM AQUELES QUE ESTÃO NA FRENTE ESTÃO VINDO PARA TRÁS E OS DE TRÁS ESTÁ VINDO PARA A FRENTE ASSIM NÃO SE PREOCUPE DEUS NÃO VENHA QUANDO VOCÊ QUER, MAS SEMPRE O SEU A TEMPO.

Por favor, mostre-me onde diz que não estamos recebendo nada. Mais uma vez, se algo assim acontecesse, seria em govtrack http://www.ssa.gov e não em nenhum dos sites. Não está nem no site do congresso & # 8217s. Estaria no site da Previdência Social.

Minha namorada recebeu um cheque de $ 250 em dezembro de 2010 devido a sua deficiência em 2007 e 2008. Agora ela está trabalhando e quando pagou seus impostos este ano, o IRS pegou os $ 250 de volta. Eles disseram que ela fez um relatório.
É um empréstimo para trabalhadores. 2010 + $ 250 2011 - $ 250 = Verifique com sua preparação de impostos.

É engraçado que este site tenha a pergunta & # 8220 quanto isso vai custar ao governo? & # 8221 Como se o governo fosse uma entidade que não é composta pelo contribuinte, mas sim uma máquina de dinheiro mágica que produz dólares sem efeito sobre os cidadãos deste país. Eu escrevi isso em janeiro de 2011. A aposentadoria de minha mãe foi aumentada para $ 33., Devido aos impostos federais que agora estão reembolsando o BRILHANTE Pagamento de Estímulo, ela não só não obteve um aumento, mas uma redução. Eu não votei no cara. Votei no veterano que tem certidão de nascimento e que SEMPRE amou este país.

Alguém sabe com certeza se estamos recebendo esse grande pagamento de estímulos SSI uma única vez. Eu estive em toda a internet. Alguém pode ajudar. 17 de maio de 2011

estamos recebendo um cheque de estímulo como no ano passado? quanto de aumento haverá na previdência social para o próximo ano?

Entrei no SSI logo depois que todos receberam seus cheques de estímulo de $ 250. Recebi o pagamento retroativo após a aprovação, portanto, me qualifiquei para os $ 250, mas não solicitei um porque ainda não sabia que seria aprovado. Minha pergunta é: ainda estou qualificado e é tarde demais para solicitá-lo? Foi um acordo apenas uma vez? Por favor ajude!


Proposta de orçamento de Obama mistura ajuda e cortes para americanos mais velhos

O presidente Obama ofereceu na segunda-feira um orçamento de US $ 3,834 trilhões que aumentou o financiamento em algumas áreas importantes para os americanos mais velhos e cortou em outras.

Seu projeto, que segue para o Congresso, gastaria US $ 1,6 trilhão a mais do que arrecada para o ano orçamentário que começa em 1º de outubro projetos como a construção de estradas para revitalizar a economia ainda atrasada e dar às pequenas empresas incentivos fiscais para a contratação de funcionários.

“É hora de impor a Washington os mesmos padrões que as famílias e as empresas mantêm”, disse Obama na manhã de segunda-feira. “É hora de economizar o que pudermos, gastar o que devemos e viver dentro de nossas possibilidades mais uma vez.”

Os republicanos disseram que ficaram desapontados com o plano. O líder republicano do Senado, Mitch McConnell, de Kentucky, disse em um comunicado que aumentará os pagamentos federais da dívida para uma média de US $ 600 bilhões por ano ao longo da década.

“Mas agora está claro que este orçamento envolve mais gastos, mais impostos e mais dívidas”, disse McConnell. “Qualquer um que ouça o povo americano sabe que não é isso que eles apóiam. Não é o que nosso país precisa. E não é a maneira de criar bons empregos. ”

Obama esperava ter uma medida de reforma do sistema de saúde agora, mas depois de tropeçar perto da linha de chegada no mês passado, o projeto está em espera no Congresso. Ainda assim, o orçamento de Obama reduziu a reforma, propondo mais financiamento para os programas estaduais do Medicaid e reforçando outros programas que reduzem os custos dos cuidados de saúde ou expandem a acessibilidade.

O orçamento também visa melhorar a poupança para a aposentadoria por meio de novos IRAs no local de trabalho, créditos fiscais de poupança e requisitos de transparência para planos de aposentadoria.

Embora esses programas ajudem muitos americanos mais velhos, disse Nancy A. LeaMond, vice-presidente executiva da AARP, ela está preocupada com o impacto dos cortes em outras partes do orçamento e uma proposta de comissão da dívida que poderia considerar os benefícios da Previdência Social e do Medicare.

“Embora o pedido de orçamento do governo ofereça um alívio bem-vindo para os americanos mais velhos que estão lutando para encontrar emprego, fortalecer seus ovos de ninho de aposentadoria e pagar pelos custos crescentes de saúde, precisamos ter certeza de que os esforços amplos para cortar gastos não contribuam para mais mal do que bem ”, disse ela.

O congelamento de gastos de três anos da Casa Branca, anunciado no discurso do presidente sobre o Estado da União na semana passada, foi aplicado a alguns programas, mas não a outros. Não afeta os benefícios da Previdência Social e do Medicare. A Administração da Previdência Social obteria de fato um aumento de 8% em seus custos administrativos, com o objetivo de tornar o serviço mais rápido, especialmente para novos candidatos à aposentadoria e invalidez. E os beneficiários da Previdência Social receberiam US $ 250 cada para compensar a falta de aumento do custo de vida neste ano.

Mas os programas que foram protegidos do congelamento ou mesmo receberam aumentos foram compensados ​​por cortes em outros lugares. Um programa de habitação para americanos idosos de baixa renda cairia de US $ 825 milhões neste ano para US $ 274 milhões no próximo.

Douglas Rice, analista de política sênior do Center on Budget and Policy Priorities, diz que o corte reflete os planos do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos Estados Unidos para reformar o programa habitacional para idosos, que paga pela construção de novas moradias para residentes de baixa renda mais velhos e para assistência de aluguel. Os residentes do projeto atual não veriam cortes, mas as novas construções não receberiam dinheiro.

“Parece que o HUD ficou um tanto frustrado com o programa de habitação para idosos e está tentando reformá-lo”, diz Rice.

Esse corte, porém, é compensado por aumentos para o programa habitacional da Seção 8, que fornece ajuda a centenas de milhares de residentes mais velhos, diz Rice.

Obama disse que o país começou a década com superávit, mas agora enfrenta dívidas de US $ 12 trilhões. Ele culpou a expansão dos medicamentos prescritos do Medicare e os programas de corte de impostos de 2001 e 2003 pela dívida de US $ 7,5 trilhões que herdou. A recessão somou US $ 3 trilhões adicionais, e o plano de estímulo de Obama no ano passado somou US $ 1 trilhão. Seu orçamento reverte os incentivos fiscais para famílias que ganham mais de US $ 250.000.

Obama disse que suas prioridades orçamentárias refletem os “blocos de construção da classe média.

“Os americanos estão dispostos a trabalhar duro e, em troca, esperam conseguir encontrar um bom emprego, pagar uma casa, mandar seus filhos para escolas de nível internacional, receber assistência médica de alta qualidade e a preços acessíveis e ter segurança na aposentadoria em seus últimos anos ”, disse ele.

Aqui estão alguns dos programas para americanos mais velhos que veriam aumentos abaixo do orçamento:

Cheques por $ 250. Obama propôs distribuir US $ 250 cada para beneficiários da Previdência Social porque nenhum ajuste de custo de vida está planejado para este ano. Embora a inflação seja insignificante, os americanos mais velhos ainda enfrentam custos crescentes, como cuidados de saúde. “É muito importante para os idosos com renda fixa”, disse David Sloane, vice-presidente sênior de relações governamentais e defesa da AARP. E o dinheiro será gasto, o que ajudará a economia.

Auto-IRA. Economizar para a aposentadoria ficaria muito mais fácil para os 50% dos trabalhadores que não têm um programa de poupança para a aposentadoria no local de trabalho agora. De acordo com a proposta do auto-IRA, as pequenas empresas obteriam créditos fiscais aumentados para administrar novos IRAs para seus trabalhadores, onde a poupança para a aposentadoria é automaticamente deduzida do contracheque. Os trabalhadores seriam inscritos, a menos que optassem por sair proativamente. Estudos mostram que esses programas fazem uma grande diferença para levar as pessoas a economizar, disse Sloane.

“Esta é uma das nossas principais prioridades”, disse Sloane. “Se as pessoas não tiverem a oportunidade de economizar para a aposentadoria, isso vai colocar pressão sobre o governo federal”, para ajudá-los mais tarde.

Dezenas de milhões de trabalhadores sem pensões se beneficiariam dos IRAs automáticos, estimou o orçamento. A Casa Branca também quer tornar mais fácil para as empresas que possuem 401 (k) s adotarem a inscrição automática, que é uma forma particularmente eficaz de aumentar a poupança entre trabalhadores de baixa renda e minoritários. A inscrição automática aumenta a participação em planos 401 (k) de 70 por cento para cerca de 90 por cento.

Crédito do Poupador. Famílias que ganham menos de US $ 85.000 receberiam mais ajuda com o crédito do poupador. Suas economias para a aposentadoria teriam uma contrapartida federal de 50%, até US $ 1.000.

401 (k) Alterações. A administração reforçaria a transparência do 401 (k) s para que os poupadores tenham mais informações sobre as taxas e para que os conflitos de interesse com os consultores de pensão sejam reduzidos. A Casa Branca também tornaria mais fácil transformar ativos 401 (k) em anuidades que fornecem pagamentos vitalícios.

Pagamentos de veteranos. Obama faria uma mudança para aposentados militares que grupos de veteranos vêm buscando há anos. Atualmente, os veteranos com deficiência grave que são aposentados dos serviços não podem receber os pagamentos por invalidez do VA e sua pensão militar. Obama acabaria com essa prática e permitiria que eles recebessem os dois simultaneamente.

Cuidadores. Cerca de US $ 102,5 milhões seriam reservados para ajudar a “geração sanduíche” que está presa entre cuidar de crianças e pais mais velhos. O dinheiro reforçaria os cuidados temporários para os familiares que cuidam de parentes mais velhos. Cerca de 200.000 cuidadores obteriam ajuda se ela fosse aprovada pelo Congresso. E os americanos mais velhos também receberiam mais ajuda com transporte, creche para adultos e outras formas de assistência destinadas a deixá-los ficar em suas próprias casas.

As famílias de classe média que cuidam de parentes mais velhos (ou filhos) também veriam seus incentivos fiscais aumentar de US $ 900 a US $ 2.100.

“Cuidar tem um impacto muito significativo nas pessoas - financeiramente e emocionalmente”, disse David Certner, diretor de política legislativa da AARP. “Obter alívio é muito útil.”

Assistência Energética. O Programa de Assistência à Energia para Casa de Baixa Renda aumentaria de US $ 5,1 bilhões em 2010 para US $ 5,3 bilhões em 2011 e incluiria US $ 2 bilhões para uma nova política para aumentar a ajuda quando os custos de energia aumentam ou muitas famílias estão na pobreza.

Assistência Alimentar. Programas de nutrição como o Meals on Wheels receberiam US $ 828 milhões, um aumento de US $ 8 milhões. Isso totaliza cerca de 219 milhões de refeições entregues em casas ou ambientes comunitários para 2,4 milhões de americanos mais velhos.

Vários pequenos pedaços da medida de reforma do sistema de saúde de Obama estão embutidos no orçamento. “Eles não vão apenas esperar pela reforma do sistema de saúde”, disse William Pierce, vice-presidente sênior da APCO Worldwide e ex-funcionário sênior do Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

Taxas do farmacêutico. Por exemplo, diz Pierce, Obama cobraria uma taxa dos fabricantes de medicamentos por medicamentos genéricos - semelhante ao que o governo federal já faz para produtos farmacêuticos de marca. O dinheiro seria usado para acelerar o processo de aprovação de novos medicamentos pela Food and Drug Administration. “Isso sinaliza uma meta do governo de trazer mais genéricos ao mercado”, diz Pierce. “É claramente uma indicação de que eles estão buscando reduções de custos em saúde”.

Ajuda do Medicaid. Os estados receberiam US $ 25,5 bilhões extras pelo Medicaid, o programa federal de saúde que ajuda os americanos de baixa renda, incluindo aqueles que são mais velhos ou com deficiências. Obama tentou fazer isso como parte de seu plano de reforma para expandir o acesso aos cuidados de saúde, adicionando famílias de renda moderada às listas do Medicaid. Os estados têm pedido mais dinheiro porque a recessão tornou mais pessoas elegíveis para o Medicaid, exatamente quando as receitas estaduais caíram.

Combate à Fraude. O orçamento também aumenta os gastos com prevenção e detecção de fraudes no Medicare, Medicaid e no Programa de Seguro Saúde Infantil. Esse esforço, a equipe de ação de prevenção e fiscalização de fraudes no sistema de saúde, vai procurar por pagamentos indevidos e brechas.

COBRA. Obama também continuaria um programa para ajudar os trabalhadores desempregados que prorrogaram os benefícios do seguro-desemprego a pagar para continuar sua cobertura de seguro saúde sob o COBRA. O auxílio termina no final deste mês sem a prorrogação.

“É absolutamente crítico, especialmente para os americanos mais velhos”, disse Sloane da AARP. “É muito relevante porque é mais difícil comprar seguro individual.”

Este não será o último orçamento federal cheio de compensações difíceis, disse Certner da AARP. “Existem alguns desafios sérios por aí: tentar colocar nossa casa fiscal em ordem enquanto tentamos ajudar milhões de pessoas necessitadas”, disse Certer. “Estamos prevendo uma série de orçamentos difíceis nos próximos anos.”

Tamara Lytle era correspondente e chefe do escritório de Washington para o Orlando Sentinel de 1997 a 2008.


Hoje com o presidente Barack Obama

Declaração do secretário de imprensa sobre o relatório de preparação para furacões do presidente

& # 8220O presidente Obama foi informado pelo administrador da FEMA Craig Fugate, pela secretária de segurança interna Janet Napolitano, pela administradora da NOAA Dra. Jane Lubchenco e pelo diretor do National Hurricane Center Bill Read, bem como por cinco administradores regionais da FEMA acrescentando seu potencial local, sobre as perspectivas para a temporada de furacões e os esforços do governo federal para preparar todos os parceiros federais, governos estaduais e locais, o setor privado e o público para furacões e outras emergências.

Hoje cedo, a NOAA anunciou que espera uma temporada de furacões de & # 8220 ativo a extremamente ativo & # 8221 este ano.

Sob a direção do presidente & # 8217s, toda a família federal está trabalhando junta para garantir não apenas que o governo federal esteja fazendo de tudo para se preparar para a próxima temporada, mas que o público saiba do papel crítico que eles têm em garantir que estão preparados para tempestades e outras emergências, incluindo planos de evacuação atualizados.

O presidente enfatizou que o governo deve garantir que consideremos os efeitos que o derramamento de óleo da BP poderia ter sobre as tempestades, capacidades de resposta e esforços de recuperação no planejamento para a temporada deste ano & # 8217s, mas que essas considerações não mudam a missão primária dos funcionários de gestão de emergência durante uma resposta, que é apoiar os esforços do Estado para proteger vidas e propriedades.

Além disso, o presidente pediu que o secretário Napolitano e o administrador Fugate continuem a estar em contato próximo com os governadores, delegações do Congresso e gerentes de emergência em estados sujeitos a furacões para garantir que eles tenham todas as ferramentas e recursos necessários para se preparar, responder e recuperar-se de quaisquer furacões em potencial. & # 8221

Para obter uma postagem no blog da Casa Branca do administrador da FEMA Craig Fugate sobre a preparação para furacões, clique AQUI

Abaixo está uma lista dos participantes da reunião de hoje & # 8217s:
Vice-presidente Joe Biden
Secretária de Segurança Interna, Janet Napolitano
Administrador da FEMA Craig Fugate
Administradora da NOAA Dra. Jane Lubchenco
Bill Read, diretor do National Hurricane Center
Assistente do presidente para segurança interna e contraterrorismo John Brennan
Assistente do Presidente para Energia e Mudanças Climáticas, Carol Browner
Diretora de Política Doméstica, Melody Barnes
Diretor do OMB, Peter Orzag
Vice-administrador da FEMA, Rich Serino
Administrador Associado FEMA para Resposta e Recuperação Bill Carwile
Diretor do Centro de Operações Marítimas e de Aviação da NOAA Contra-Almirante Philip Kenul
Cinco Administradores Regionais da FEMA


Hoje com o presidente Barack Obama

ASSUNTO: Revisão das discussões relacionadas ao congressista Sestak Relatórios recentes da imprensa refletiram perguntas e especulações sobre as discussões entre a equipe da Casa Branca e o congressista Joe Sestak em relação aos seus planos de concorrer ao Senado dos Estados Unidos. Nosso escritório revisou essas discussões e reivindicações feitas sobre elas, focando em particular na sugestão de que cargos governamentais podem ter sido indevidamente oferecidos ao congressista para dissuadi-lo de buscar uma candidatura ao Senado.

Concluímos que as alegações de conduta imprópria baseiam-se em erros factuais e carecem de embasamento na lei.

Secretário da Marinha. Sugeriu-se que o governo pode ter oferecido ao congressista Sestak o cargo de secretário da Marinha na esperança de que ele aceitasse a oferta e abandonasse a candidatura ao Senado. Isto é falso. O presidente anunciou sua intenção de nomear Ray Mabus para secretário da Marinha em 26 de março de 2009, mais de um mês antes de o senador Specter anunciar que estava se tornando membro do Partido Democrata no final de abril. Mabus foi confirmado em maio. Em nenhum momento o congressista Sestak foi oferecido, nem buscou, o cargo de secretário da Marinha.

Opções não compensadas do Conselho Consultivo. Descobrimos que, como o congressista declarou publicamente e com precisão, opções para o serviço do Executivo foram levantadas com ele. Esforços foram feitos em junho e julho de 2009 para determinar se o congressista Sestak estaria interessado em servir em um conselho consultivo presidencial ou de outro ramo executivo sênior, o que evitaria uma primária divisiva no Senado, permitiria que ele mantivesse seu assento na Câmara e forneceria ele com uma oportunidade de serviço adicional ao público em uma capacidade consultiva de alto nível, para a qual ele era altamente qualificado. Os cargos consultivos discutidos com o deputado Sestak, embora importantes para o trabalho do governo, não teriam sido compensados.

A equipe da Casa Branca não discutiu essas opções com o congressista Sestak. O chefe de gabinete da Casa Branca conseguiu o apoio do ex-presidente Clinton, que concordou em levantar opções de serviço com o congressista Sestak em um conselho consultivo do poder executivo sênior ou outro presidente. O congressista Sestak recusou as alternativas sugeridas, permanecendo comprometido com sua candidatura ao Senado.

Relacionamento com a campanha do Senado. Foi sugerido que as discussões sobre alternativas à campanha para o Senado foram levantadas indevidamente com o deputado. Não houve tal impropriedade. A liderança do Partido Democrata tinha um interesse legítimo em evitar uma disputa nas primárias e uma preocupação igualmente legítima com o deputado que deixava sua cadeira na Câmara. Em virtude de sua carreira no serviço público, incluindo serviço militar distinto, o congressista Sestak era considerado altamente qualificado para ocupar uma série de cargos consultivos nos quais ele poderia, enquanto ocupava sua cadeira na Câmara, ter responsabilidades adicionais de considerável interesse potencial para ele e valor ao Poder Executivo.

Houve inúmeros casos relatados no passado em que administrações anteriores - tanto democratas quanto republicanas, e motivadas pelos mesmos objetivos - discutiram caminhos alternativos de serviço para indivíduos qualificados também considerando campanhas para cargos públicos. Essas discussões são totalmente consistentes com a legislação pertinente e os requisitos éticos.


Cheques de estímulo de segurança social de $ 250 estão no correio

O pacote de estímulo à seguridade social está a caminho. O estímulo vem na forma de cheques de US $ 250 para beneficiários da previdência social. Relatórios da CNN:

Estima-se que 50 milhões de beneficiários da Previdência Social e Renda Suplementar (SSI) receberão seu cheque único de estímulo econômico de $ 250 a partir do início de maio & # 8212, várias semanas antes do previsto, anunciou o vice-presidente Joe Biden na quinta-feira.
O vice-presidente Biden diz que os cheques vão & # 8220fazer uma grande diferença & # 8221 para americanos mais velhos e pessoas com deficiência.

O vice-presidente Biden diz que os cheques vão & # 8220fazer uma grande diferença & # 8221 para americanos mais velhos e pessoas com deficiência. Os cheques de US $ 250 & # 8220 farão uma grande diferença nas vidas dos americanos mais velhos e pessoas com deficiência & # 8212 muitos dos quais foram atingidos especialmente pela crise econômica que varreu o país & # 8221 Biden disse por escrito demonstração.

& # 8220 Grande diferença & # 8221 é um exagero, mas é um gesto simpático.


Lugar de Indiana lutando para manter a cadeira no Senado

INDIANÁPOLIS - O senador americano Richard Lugar, antes aparentemente imbatível em Indiana, tem se esforçado para se reintroduzir em meio a uma enxurrada de ataques que perdeu o contato - um argumento que seu desafiante do Tea Party repetiu ontem fora da casa de Indianápolis que o titular vendeu décadas atrás.

O republicano, que passou 35 anos em Washington, tem feito campanha como se fosse um político novato, tentando se apresentar às massas e definir sua imagem antes que os oponentes o façam.

A acusação do desafiante republicano Richard Mourdock, o tesoureiro do estado, é a última de uma série contra o senador republicano por uma aliança improvável de democratas e conservadores.

Os grupos uniram forças para argumentar que Lugar não tem mais a ver com Indiana. Ambos os lados percebem a vulnerabilidade política do senador sênior do estado.


Hoje com o presidente Barack Obama


A resposta do governo dos EUA ao derramamento de óleo da BP começou imediatamente após a explosão na noite de 20 de abril como uma missão de busca e resgate de emergência. Aproximadamente às 22h30 naquela noite, foi recebida uma notificação de que a Deepwater Horizon Mobile Offshore Drilling Unit (MODU) havia explodido e estava em chamas. A plataforma estava localizada a 45 milhas a sudeste de Venice, Louisiana.

Estabelecer Centro de Comando para Abordar Potenciais Impactos Ambientais

Ao mesmo tempo, a administração também estabelece rapidamente um centro de comando na Costa do Golfo para tratar do impacto ambiental potencial do evento e para coordenar com todos os governos estaduais e locais. Desde então, o governo tem continuamente antecipado e planejado o pior cenário possível.

NOAA se mobiliza para fornecer suporte à trajetória

A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) se mobiliza dentro de três horas após a explosão e começou a fornecer suporte de trajetória e meteorologia científica coordenada e serviços de resposta biológica. O escritório de previsão do tempo da NOAA em Slidell, Louisiana, também forneceu informações meteorológicas à Guarda Costeira a seu pedido logo após a explosão para apoiar as operações iniciais de busca e resgate.

O presidente é alertado sobre o evento e passa a monitorar ativamente a situação. Na época, sabia-se que 126 pessoas estavam na plataforma quando ocorreu a explosão.

Total de navios de resposta: Dois cortadores da Guarda Costeira

Aeronave de resposta total: quatro helicópteros e um avião de resgate

O secretário adjunto do Interior, David Hayes, foi enviado para a Costa do Golfo

Na manhã seguinte à explosão, o Secretário do Interior Ken Salazar destacou o Secretário Adjunto David J. Hayes para a Costa do Golfo para auxiliar na coordenação e resposta ao evento e fornecer relatórios de hora em hora ao Secretário Salazar e outros funcionários da administração.

A coordenação interinstitucional começa em todo o governo, o coordenador federal no local é nomeado e a equipe de resposta regional é levantada

A coordenação interagências começa imediatamente entre os parceiros federais & # 8212 incluindo a Guarda Costeira, os Departamentos de Segurança Interna (DHS), Comércio (DOC), Interior (DOI) e a Agência de Proteção Ambiental (EPA) & # 8212 fornecendo ativos federais e supervisionando a resposta do BP & # 8217s. De acordo com o Plano de Contingência Nacional, a Contra-Almirante Mary Landry foi nomeada Coordenadora Federal no Local e uma Equipe de Resposta Regional foi levantada que incluía a Guarda Costeira dos EUA, DHS, DOC / NOAA, DOI e a EPA, bem como o estado e representantes locais. A Equipe de Resposta Regional imediatamente começou a desenvolver planos, fornecendo aconselhamento técnico e acesso a recursos e equipamentos de suas agências membros e supervisionando a resposta do BP & # 8217s.

A administração supervisiona a resposta do BP & # 8217s

A administração começa a realizar reuniões e ligações regulares com a liderança da BP para discutir o esforço de resposta da BP & # 8217s, bem como supervisão e apoio federal, e instou a BP a alavancar ativos adicionais para ajudar a responder a este evento.

Começa a investigação conjunta entre agências DHS-DOI

O secretário Salazar e o secretário Napolitano determinam que se inicie uma investigação conjunta sobre a causa do evento. A investigação, liderada conjuntamente pela Guarda Costeira dos EUA e pelo Serviço de Gerenciamento de Minerais (MMS), recebe poder de intimação, realizará audiências públicas e chamará testemunhas. MMS e USCG começam a entrevistar o pessoal da plataforma.

O Serviço Nacional de Parques planeja contingências para proteger parques vulneráveis ​​ao longo da costa do Golfo

The National Parks Service (NPS) Spill Response Coordinator, Regional Emergency Services Coordinator, and Deputy Chief of Emergency Services begin strategic planning of contingencies to protect potentially vulnerable national parks along the Gulf Coast. Read the entire timeline here


Friday, August 26, 2016

Middle-Aged People Should Probably Not Go to Graduate School: Conner v. U.S. Department of Education (March 28, 2016)

Wages for American workers have been stagnant for more than 20 years everyone knows that. In fact, many American workers have seen a decline in their real wages as inflation eats away at their paychecks.

A college degree supposedly enhances earnings, but not for everyone More than a third of college-educated workers are holding jobs that do not require a college degree.

As we drift into middle age, we search for ways to make more money. So why not go to graduate school? Maybe job opportunities will open up if we get an MBA. Or maybe we can unleash our creative capacity if we obain a master's degree in creative writing. Why not go to law school?

Of course, American colleges want people to think that going to graduate school is good career option. Undergraduate enrollments are declining at many universities--especially the second-tier liberal arts schools. The colleges have got to keep the money flowing, and many have been rolling out new graduate programs to enhance their revenues. Juicing up MBA programs has been a favorite strategy.

Graduate programs can be expensive, and most people who pursue graduate degrees have to take out student loans to finance their studies. But, hey--what could go wrong?

Age discrimination. Although federal laws protect people from age discrimination in the workplace, many employers discriminate against older workers. So if you are 45 years old and recently obtained a law degree or an MBA, you will be competing against much younger workers.

Law firms in particular are looking for bright novo attorneys who have the drive and energy to work 80 hours a week. The firms like to mold their new hires into the firm's corporate culture, and it is easier to mold a 25-year old than a 45-year old. And the firms definitely discriminate in favor of people who graduated from top-ranked law schools.

So if you graduated from a second- or third-tier law school at age 45, the chances of landing a high-paying job at a blue-chip law firm are virtually zero. And if you borrowed $140,000 to get your law degree (the average amount of debt for new law graduates), you are in real trouble. In fact, your decision to borrow money to go to law school was probably a mistake.

Many graduate programs don't give students useful skills. Second, a lot of graduate programs do not teach skills that will enhance their students' marketability in the workplace. The United States now has hundreds of MBA programs, but I have talked with people who got MBA degrees from non-elite colleges, and several told me they didn't learn much.

I myself was a sucker. I enrolled in the doctoral program at Harvard Graduate School of Education, thinking a doctorate from Harvard would open doors for me that I couldn't open with just my law degree. In fact, I learned virtually nothing useful during my two years of study at Harvard other than the fact that HGSE is a pretty mediocre place.

Unsympathetic bankruptcy courts. Several recent bankruptcy court decisions have involved middle-aged people who accumulated a lot of debt going to graduate school. Some of these people argued that their advanced age should be considered--that they simply didn't have enough working years left to pay off their enormous student-loan debt.

But not all bankruptcy courts are sympathetic. No Conner v. U.S. Department of Education, for example, Patricia Monet Conner accumulated $214,000 in student-loan debt to pay for graduate education in three fields: business administration, communications, and education.

Conner was a school teacher who had an annual income of about $60,000 during the years before she filed bankruptcy, and she never made a single voluntary payment on her student loans. When she came before the bankruptcy court, Conner was 61 years old, and she argued that her advanced age should be considered in her favor.

But the bankruptcy court rejected Conner's argument and refused to discharge her student-loan debt.. Conner appealed, and a federal district court, was equally unsympathetic."[C]ourts have regularly held that one's age cannot form the bases of a favorable finding for a debtor who chooses to pursue an education later in life," the court ruled.

Conclusion: Middle-aged people should be very cautious about going to graduate school. Many Americans enter middle age not having achieved the goals they set for themselves when they were young. I myself am such a person. Going to graduate school may seem like a way to expand life opportunities--a second chance to obtain success.

But be very cautious. Gamblers who lose at the gaming tables often double down, hoping a big win will nullify their earlier losses. But unlucky gamblers who keep betting generally wind up losing more money. Universities, like the casinos, want you to think the odds are in your favor but in fact they are not.

I do not give this advice out of a sense of superiority. As I said, I made a big mistake going to Harvard in midlife only to find that some of my professors were not as smart as I am. I wound up with a mediocre education and a lot of debt.

Conner v. U.S. States Department of Education, Case No. 15-1-541, 2016 WL 1178264 (E.D. Mich. March 28, 2016).


Today With President Barack Obama

Obama speaking to gulf coast Govs. Jindal, Barbour, Riley, and Crist, this morning. WH statement on the call:

For all the local coverage of the oil spill, visit NOLA. Here's a transcript of the press briefing with Thad Allen and Carol Browner, assistant to POTUS on energy and climate change.

SENHOR. GIBBS: Good afternoon. As we get started today we're going to hear from a couple of different people that are working on the administration’s response to the oil spill in the Gulf. First you’ll hear from Admiral Allen, and then we'll be happy to take your questions.

I will say as a point of introduction, though he rarely needs an introduction, he would normally be in Louisiana were it not for today. His vice commandant is retiring. Tomorrow he is leaving the command of the Coast Guard. But the President and the Secretary of Homeland Security have asked him to delay his retirement and continue to serve as the National Incident Commander for the spill in the Gulf.

So let me turn this over to Admiral Allen.

ADMIRAL ALLEN: Thank you very much. Thanks for the opportunity to talk with you here today. I thought I might start out by giving you a little background on the command-and-control system and how oil spills work. But first let me premise -- I would underscore what he said -- I’d much rather be down in Louisiana, the Gulf Coast, dealing with this problem down there because I know it’s of concern to everybody. And as somebody who has worked on the water all his life, nothing is more disturbing than oil on any water in our country.

The current paradigm for responding to oil spills really dates back to the legislation that was passed after the Exxon Valdez, the Oil Pollution Act of 1990. It mandated a paradigm by which the responsible party or the spiller would be held accountable. It also created a oil spill liability trust fund to fund responses where there was no responsible party, or to fund operations and have those funds recouped from the responsible party.

It’s premised on the country being divided up into areas for the purpose of developing contingency plans. And we have these areas called captain of the port zones those are the Coast Guard commanders that are responsible for that area. They get together with the state and local stakeholders and they develop plans to protect the most sensitive areas within those areas, and they’re called area contingency plans. There is one for every single part of the coastline of the United States. There is one that covers the Gulf Coast as well.

When they have to activate a response, the local Coast Guard commander who is designated the federal on-scene coordinator coordinates with the state and local government and directs the responsible party in the cleanup. If the spill was inland, EPA would be the federal on-scene coordinator. The Coast Guard and EPA share that.

This entire framework is called the national contingency plan, and it is how we have prosecuted oil spills ever since the Oil Pollution Act of 1990. That is the way we have been prosecuting this case since the explosion on the Deepwater Horizon on the 20th of April. Even in advance of the sinking of the drilling unit, we were staging equipment that was against the scenario we would have a worst-case spill. And we started actually mobilizing equipment, salvage engineers and everything right after the event happened into the 21st of April.

So the command-and-control structure down there right now is the commanding officer of the Coast Guard in New Orleans is the federal on-scene coordinator for the response. We have elevated that responsibility to Mary Landry. She is in Robert, Louisiana, and she is called an area unified commander. That’s when you take one or more of these zones or these areas and you combine them under a larger command.

So we have a single command in the Gulf. The commander is Rear Admiral Mary Landry. She is supervising subsections. One is New Orleans. The other one is over in Mobile, and Mobile covers Mississippi, Alabama, and the western portion of Florida. There is another command at St. Petersburg, and another one in Key West and around up the East Coast. At this point, they all, for the purpose of this response, report to the area command in Robert, Louisiana.

At a higher level we have what we call a regional response team. Those are all the federal players that have responsibilities for an oil spill response. It would be Department of Interior, EPA, Coast Guard, NOAA. And they look at resource requirements across a regional area. Let’s say if you had a decision of where to put boom between Mississippi, Alabama, or Louisiana, they would coordinate with the regional response team.

If something gets large enough where there’s a national issue about how much boom is in the entire country or where to move dispersants, it would come up to the national response team. And the national response team is the same players, except in Washington in the interagency. So, for instance, the Coast Guard is on the national response team. We co-chair it with EPA -- NOAA, Commerce, DOI, and so forth. So there’s a way to bring up resource issues or policy issues that cannot be resolved at the lowest level, and work those all the way up the chain.

There is also the allowance in the national contingency plan that if the resource adjudication process or the coordination becomes complicated -- and it’s complicated in this place -- in this case -- that the President has the option of declaring something called a spill of national significance. Again, this is contained in the national contingency plan, and also have the option to designate a national incident commander, which the President and Secretary Napolitano have designated me.

Now, this is not a policy. This is a command-and-control structure. It’s actually contained in the code of federal regulations that implement the Oil Pollution Act of 1990. So when you hear us talk about responsible party, or the
federal on-scene coordinator, we’re actually talking about legal definitions that are derived from statute -- the Oil Pollution Act of 1990 -- that are contained in 40 CFR 300.

So there are actual clear definitions, and I think sometimes we’re losing the distinction of what a responsible party or federal on-scene coordinator are. And we’d be glad to go through and answer questions related to the spill response, especially as it relates to BP’s role as a responsible party and the roles of the federal on-scene coordinator.

Would you like me to add anything else, or would you like to --

SENHOR. GIBBS: That's a good intro. We’ll start with Mr. Feller.

Q Obrigada. Thanks for being here, Admiral. Let me start on that point about who’s in charge and the quality of the response so far. Secretary Salazar said yesterday, referring to BP, “If we find that they’re not doing what they’re supposed to be doing, we’ll push them out of the way appropriately.” What does that mean, “push them out of the way”? What more could be done?

ADMIRAL ALLEN: Well, I would say that's more of a metaphor. What we need to make sure is they execute their responsibilities, the responsible party, and we carry out our responsibilities and be accountable as the federal on-scene coordinators. This is what we do, is if something is going -- if BP is applying resources, there is an operation being conducted, and we want it to be done some other way, they’re issued an order by the federal on-scene coordinator, and they comply. And there have been adjustments made all the way along. And if I need to, I call Tony Hayward myself. They’re the responsible party, but we have the authority to direct.

Q Is there -- to this point, though, whether the government can do more, can it push BP out of the way if it feels like that company is not doing the job? What is your response to that?

ADMIRAL ALLEN : Well, to push BP out of the way would raise the question to replace them with what?

Q Do you think that this government right now is doing the best it can?

ADMIRAL ALLEN: I’ve been involved with the technical decisions made, especially in relation to deal with the leak, and they are pressing ahead. We are overseeing them. They're exhausting every technical means possible to deal with that leak.

Q Is there a solution?

ADMIRAL ALLEN: There are a number of solutions and they're doing them in sequence based on risk. The ultimate solution is going to be to drill a relief well, take the pressure off that well and cap it. That will be sometime in August. We don't want to wait that long. So we’re trying a series of interventions, starting with the insertion tube to evacuate the oil that we can, the top kill shot that will be scheduled for I believe early Wednesday now to try and force mud down the blowout preventer into the well to stop the pressure so it can be sealed.

There’s a series of events. They're trying the least risky ones first and moving on down. But we cannot stop. We’ve got to try every means at our -- every means that we can to stop this leak.

SENHOR. GIBBS: Let me just add from the President’s perspective for this, Scott. As you heard the Admiral say, the President’s viewpoint is failsafe has to mean that. And if it doesn’t, then we have to examine why it doesn’t and the circumstances around that and have that impact our decisions going forward.

In terms of the reviews that the government is looking through to look back at what got us to this point, we have the President’s instruction for Secretary Salazar and the Department of Interior to report back to him. That will be Thursday. Thursday, the President will receive that report here at the White House.

There is a separate national engineering report on this incident. And as you know, the President set up an independent commission headed by a former EPA commissioner and a former U.S. senator from Florida that will be charged with looked at both the role of industry and the role of government in regulating industry. And the President I think has been very clear that we should not spare any expense in looking at both of those aspects of what may or may not have caused this.

Q I’m sorry, a question for you and also the Admiral. The President is receiving this report Thursday. Should we expect the President to respond to it immediately in some fashion?

SENHOR. GIBBS: I expect that the President will speak to you all about it and answer some questions about it, yes.


Assista o vídeo: President Obama Calls for Unity in Victory Speech 2 flv